By

Recolha de sangue na sede do RSC

Projetos

O Real SC vai receber, pela segunda vez este ano, uma ação de recolha de doação de sangue. Esta é uma iniciativa da Associação de Doadores de Sangue do Concelho de Sintra com o apoio do Real SC.

Doar sangue é mais que uma ação de solidariedade, é uma ajuda voluntária ao próximo que ‘amanhã’ se poderá refletir na nossa própria vida ou na daqueles que mais estimamos.

Por exemplo, um doente com leucemia precisa diariamente de transfusões de sangue que podem representar várias dezenas, ou numa intervenção cirúrgica ao coração, como a que foi recentemente realizada ao cantor vencedor do festival da Eurovisão, Salvador Sobral, são necessárias muitas transfusões para garantir o sucesso da operação. Dois exemplos simples que muitas vezes não estão ao alcance do senso comum.

Muitas pessoas procuram doar sangue quando têm algum caso familiar ou próximo, mas a doação em si não é garantida que seja atribuída à pessoa em questão. Cada doação entra na base de dados nacional, que cruza com os doadores a nível internacional, e é aí que são feitas as transações quer de sangue como de plaquetas, do plasma e dos glóbulos vermelhos.

Outro dos mitos relacionados com a dádiva de sangue tem a ver com a doação de medula. É importante esclarecer que a inscrição para se ser doador de medula implica a doação de sangue e também neste caso não é garantido que sirva a alguém em particular, seja de grau familiar ou outro.

Um dos principais objetivos deste tipo de ações é renovar a base de dados dos doadores nacionais, uma vez que a população está a envelhecer e é importante manter os níveis do banco de sangue equilibrados.

A ação de recolha de sangue acontece sexta-feira, dia 14, no edifício da sede do Real SC a partir das 16 horas.

Até às 20 horas, os interessados e dadores habituais podem utilizar as instalações do clube para doar sangue.

Comments are closed.