Entidade de Utilidade Publica conforme Diário da República, II série, nº. 107, de 22 de Abril de 1986.

Filiado na Associação de Futebol de Lisboa, Fed. Portuguesa de Patinagem, Fed. Portuguesa Badmington e Fed. Das Colectividades de Cultura e Recreio.

- Os primeiros estatutos do Grupo Desportivo de Queluz foram aprovados por despacho do Subsecretário do Estado da Educação Nacional, de 4 de Março de 1953, publicado no nº 58, da III série do Diário do Governo, de 10 de Março de 1953, e Alvará nº 23/1953, passado pelo governo Civil de Lisboa, em 18 de Abril de 1953.

- Por deliberação da Assembleia Geral Extraordinária, de 4 de Julho de 1979, foram os mesmos alterados sendo aprovada nova redacção.

- Em escrita de 12 de Fevereiro de 1980, lavrada na Secretária Notarial de Sintra, subscrita por Augusto do Rosário Vieira, Presidente da Direcção, Victor Manuel Silva Bento, Presidente do Conselho fiscal e Vasco de Matos Duarte, associado, em representação do Grupo Desportivo de Queluz, conforme deliberado na Assembleia Geral de 4 de Julho de 1979, foram alterados dos Estatutos, publicados no Diário da República, nº 88, III série, de 15 de Abril de 1980.

Entidade de Utilidade Publica conforme Diário da República, II série, nº 94, de 21 de Abril de 1984

- Os primeiros Estatutos do Clube Desportivo e Recreativo de Massamá foram criados por escritura pública de 14 de Junho de 1973, exarada de fls. 12 a fls. 91-v, do livro 414, do 1º. Cartório da Secretaria Notaria de Sintra, publicados no Nº 177, III Série do Diário do Governo, de 30 de Junho de 1973.

- Por escritura lavrada em 25 de Fevereiro de 1978, a fls. 91, do livro 414, do 1º. Cartório da secretaria Notarial de Sintra, publicada no Diário da republica, III Série, de 30 de Março de 1978, foram Alterados os Estatutos.

- Por escritura lavrada no dia 13 de Janeiro de 1984, no 1º Cartório Notarial de Sintra, publicada no Diário da República, III Série nº53, de 2 de Março de 1984, foram Alterados os Estatutos.

Capitulo I

Denominação, Sede e Objectivo

Artigo 1º

1-    O REAL SPORT CLUBEé uma associação desportiva, recreativa e cultural, tem a sua sede em Massamá e funciona por tempo indeterminado.

2-    Regular-se-á pelos presentes estatutos e um regulamento interno.

 

Artigo 2º

O seu objectivo consiste na promoção desportiva, recreativa e cultural dos seus associados e outras actividades que a Assembleia Geral resolva que devam ser exercidas com vista á prossecução daqueles fins.

Capitulo II

Dos Sócios

Artigo 3º

1-      São sócios os que se inscrevam nessa qualidade, aceitem os estatutos e o Regulamento Interno e sejam admitidos pela Direcção de acordo com o mesmo Regulamento

2-      As categorias de sócios, os direitos, os deveres e as penalidades, são definidas no Regulamento Interno.

3-      Cada sócio pagará uma jóia inicial e uma quota mensal, cujo montante será fixado em Assembleia Geral.

Capitulo III

Dos Órgãos Sociais

Artigo 4º

Os órgãos sociais do real Sport Clube são os seguintes: Mesa da Assembleia Geral, Direcção e Conselho Fiscal, todos eleitos em Assembleia Geral por voto directo e secreto.

Artigo 5º

1-      A Assembleia Geral não pode deliberar em primeira convocação sem a presença de metade, pelo menos, dos seus associados.

2-      Se á hora marcada não se verificar a existência e “quórum”, a Assembleia Geral poderá deliberar em segunda convocação com u qualquer número de associados presentes.

Artigo 6º

A Assembleia Geral terá uma mesa formada por cinco elementos, sendo um Presidente, um Vice-Presidente e rês Secretários, competindo-lhes convocar, dirigir e redigir as actas reuniões das Assembleias Gerais.

Artigo 7º

A Direcção será composta no mínimo por onze associados, sendo um Presidente, cinco Vice-Presidentes, um Tesoureiro, um Tesoureiro-Adjunto, um primeiro Secretário e Vogais, competindo-lhe a gerência social, administrativa, financeira e disciplinar, devendo reunir semanalmente.

Artigo 8º

O Clube obriga-se pela assinatura de dois directores, mas para a movimentação de contas bancárias é necessário que uma seja do Presidente e, na sua falta, a de um Vice-Presidente ou Tesoureiro.

Artigo 9º

O Conselho Fiscal será composto por três associados sendo um Presidente, um Secretário e um Relator, competindo-lhe fiscalizar os actos administrativos e financeiros da Direcção.

Artigo 10º

A competência e forma de funcionamento dos Órgãos Sociais são as prescritas nas disposições legais aplicáveis, nomeadamente nos artigos cento e setenta a cento e setenta e nove do Código Civil.

 

Capitulo IV

Regulamento Interno

Artigo 11º

No que estes Estatutos sejam omissos rege o Regulamento Interno – cuja aprovação e alteração são da competência da Assembleia Geral – bem como as disposições legais aplicáveis.

ImprimirEmail

REAL SPORT CLUBE

O Real Sport Clube foi criado em 7 de Agosto de 1995 da fusão dos clubes já existentes nas freguesias de Queluz e Massamá

Saiba +

Os nossos contactos

Rua Firmina Celestino Cardoso, 10
2745-777 MASSAMÁ
Telf.: 21 437 51 26
Fax: 21 437 10 73
Email: geral@realsportclube.com