By

Vitória em casa no primeiro jogo do ano

Futebol, Seniores

Na 16.ª jornada do Campeonato de Portugal, o Real SC recebeu a equipa Vasco da Gama, da Vidigueira. Um jogo decorrido em casa perante uma plateia entusiasmada para ver o arranque do ano da equipa orientada por António Pereira.

O Vasco da Gama entrou em campo disposto a tudo para dificultar a vida ao Real SC e atrasar a transição de bola bem como os remates à baliza. Foi uma primeira parte com muitas paragens e pelo menos duas grandes e claras oportunidades de golo desperdiçadas.

“Como já prevíamos, o Vasco da Gama apresentou-se no jogo com o um bloco baixo, claramente a querer jogar no nosso erro. Estávamos alertados para isso e para a ansiedade que tal estratégia iria criar na equipa”, disse Pedro Guerreiro, treinador-adjunto.

Perto do intervalo, o Real SC chega ao golo da vantagem. Filipe Andrade fez o 1-0 para satisfação dos adeptos que já pediam golo desde os 10 minutos da partida, quando o Real SC falhou uma finalização.

Não foi um golo muito elaborado, mas denuncia a entrega e raça da equipa que através de uma recuperação de bola no meio campo ofensivo, o Filipe conseguiu isolar-se e fizemos o primeiro golo.Pedro Guerreiro, treinador-adjunto

O técnico considera que na primeira parte foi difícil e disputada, apesar de o Vasco da Gama raramente ter chegado à grande área do Real SC, acabou por se fechar no seu meio campo e complicar a vida aos jogadores.

A pausa no jogo contou com a atuação da nossa classe de Cheerleaders, a Realístika, que mais uma vez não quis perder a oportunidade de estar presente no primeiro jogo de 2019 dos seniores para apoiar a equipa e animar o público.

No regresso, Roberto Filho marca o 2-0 aos 57 minutos e pouco depois Filipe Andrade bisa e fecha as contas do jogo.

“Na segunda parte corrigimos alguns aspetos, os jogadores foram alertados para o tipo de comportamentos a adotar para alcançarmos o sucesso pretendido”, comentou o treinador. Esta mudança de tática levou o Vasco da Gama a abrir o jogo e, consequentemente, estavam criadas novas e melhores linhas de passe para o Real SC.

Estamos de parabéns pelo jogo que fizemos e pelos três pontos conquistados, mas acima de tudo pela grande humildade que tivemos no jogo e pelo respeito que tivemos pelo adversário. Estamos satisfeitos com a vitória.Pedro Guerreiro, treinador-adjunto

Quando falta um jogo para o fim da primeira volta do Campeonato de Portugal, o Real SC ocupa o 3.º lugar na classificação com 31 pontos, menos dois que o Casa Pia, equipa que irá defrontar já no próximo jogo. Atualmente, a tabela é liderada pelo Praiense com 38 pontos.

Comments are closed.