By

Treinar em tempos de pandemia

O mestre António Duarte, responsável pela modalidade de Kickboxing / Muay-Thai no Real SC, tem procurado minimizar o impacto da pandemia de Covid-19 na aulas. Durante a quarentena incentivou a participação em aulas online, agora com o desconfinamento o grupo começa a reunir-se em espaços ao ar livre.

É sempre melhor estarmos a treinar com distanciamento ao invés de não treinar. Mesmo sem termos o contacto desejável conseguimos treinar partes complementares que nos fazem ter grande vantagem e também estamos juntos outra vez ao fim de dois meses. Enfrentar este novo desafio é uma experiência diferente, é uma oportunidade de nos focarmos em treinar partes do kickboxing além do contacto. Tenho saudades do contacto físico, mas tinha mais saudades dos meus companheiros.”

Daniel Pinheiro, 17 anos

Sempre de olhos postos nas recomendações das autoridades de saúde e do Governo, mestre e alunos retomam aos poucos a prática de Kickboxing, uma modalidade de contacto cuja realização nos dias de hoje é mais difícil.

“Temos mantido mais ou menos os mesmos alunos quer nas aulas online como ao ar livre. Estamos a trabalhar com cerca de 50 por cento da classe. Não temos mais porque o horário que praticamos não é acessível a todos. Creio que iremos aumentar a turma daqui para frente, com as medidas impostas pelas autoridades de saúde que ainda aguardamos.”

Mestre António Duarte

Com o confinamento, o mestre António Duarte manteve as aulas online e os alunos agradeceram o esforço na manutenção da normalidade.

“Os treinos online no período de confinamento foi a melhor forma de continuarmos a praticar a modalidade e manter a forma física no desporto que gostamos. As plataformas online como o Instagram e o Zoom ajudaram imenso na interação com o mestre e os outros colegas. A transição para os treinos ao ar livre nestes tempos de pandemia em que vivemos é a melhor solução visto não estarmos confinados a uma sala onde estaríamos transpirados, e isso aumentaria o perigo de contágio de covid-19. Além disso, estar a treinar na rua permite uma mais rápida e eficaz correção do mestre.”

Nuno Deus, aluno sénior

Comments are closed.