By

A bazucada do desprezo pelo desporto e atividade física

Informações, Real SC

O Plano de Recuperação e Resiliência (PRR) que acaba de ser apresentado pelo governo é, em abono da verdade, um documento coerente se tivermos em conta a real ausência de uma política de apoio ao desporto e à atividade física neste tempo de pandemia.

Este PRR traduz mais uma vez o desprezo pela importância dos benefícios das atividades desportivas e físicas para a saúde e bem-estar e pelas entidades que as promovem.

Não colocando em causa os objetivos e as estratégias para a recuperação do país evidenciadas neste PRR, é inaceitável que o instrumento da política pública até 2026 não inclua qualquer medida para um setor que também está a sofrer um relevante impacto negativo por força da suspensão das atividades a que foi obrigado.

A realidade é que desde o início da pandemia que as entidades promotoras do desenvolvimento desportivo, não recebem qualquer apoio financeiro, sendo desvalorizadas no serviço que prestam e em que substituem o próprio Estado.

Com este PRR continuam a ser ignoradas não tendo direito a fazer parte dos destinatários do envelope financeiro de 16.643 milhões de euros que estão previstos na sua maioria para a grande área da resiliência.

É curioso verificar que, de acordo com a versão tornada pública, a única referência à dimensão desportiva surge na página 51 quando se fala em “Dinamizar a inclusão através do desporto, cultura e lazer” como uma das respostas sociais da “Estratégia Nacional para a Inclusão das Pessoa com Deficiência 2021-2025”. E rigorosamente mais nada!

Já se percebeu há muito que o desporto e a atividade física deixaram de ser uma prioridade nas políticas centrais e não fosse a disponibilidade de muitas autarquias, como a de Sintra, para apoiarem em particular neste período difícil, muitos clubes e associações não resistiriam apesar do enorme espírito de resiliência que têm demonstrado.

Ao não ver contemplado qualquer apoio neste PRR, o desporto e a atividade física continuam fora da tão propalada bazuca europeia e no momento em que muito se discorre sobre as vacinas, seria fundamental acelerar o futuro com alguma vitamina no campo desportivo.

O Presidente da Direção

    Adelino Ramos

Comments are closed.